Após dois anos de pandemia, o aquário Jacques Huber no Parque Zoobotânico do Museu Emilio Goeldi, voltou a funcionar de quarta a domingo, de 9h até às 16h. Além de espécies de peixes amazônicos de grande importância cultural, frequentadores terão a chance de conhecer serpentes, lagartos e o Mata-mata no terrário.

O aquário continua com a exposição “Baleia à vista”, que traz informações sobre cinco espécies que circulam na costa paraense. Os ossos em exposição foram encontrados por pesquisadores no século 21.

A entrada no aquário é gratuita para todos os visitantes do Parque Zoobotânico, cujo ingresso segue custando R$3,00 com meia entrada e gratuidades previstas em lei. A bilheteria e o portão principal fecham às 15h.

Fonte: Roma News
Foto: Mayara Carvalho Ascom/Museu Emilio Goeldi