Com a paralisação dos caminhoneiros entrando no segundo dia em todo o Brasil, consumidores estão correndo com seus carros, motocicletas e recipientes para os diversos postos de gasolina em Bragança para não ficarem sem combustível nos próximos dias. Em alguns estabelecimentos foram cobertas as tabelas de preço que são expostas ao público, o que gerou revolta entre os clientes.

Antes da paralisação, a gasolina estava sendo comercializada entre R$ 5,84 e R$ 6,09, e o diesel entre R$ 4,85 a R$ 4,95; com o racionamento do produto, alguns postos estão comercializando a gasolina a mais de R$ 6,20 o litro. Alguns postos em Bragança já estão ficando sem combustível, de acordo com informações os caminhões tanques estão presos na manifestação.

Alguns postos não estão aceitando cartão de crédito, apenas pagamentos à vista, débito ou pix.

 

Fonte: Fundação Educadora de Comunicação
Foto: Fabrício Bragança