Uma família de sete pessoas sobreviveu durante vários dias em uma área remota na Austrália após o carro ter encalhado. De acordo com comunicado da Polícia do Território Norte, o grupo era formado por dois adultos e cinco crianças, com idades entre cinco e 15 anos. As temperaturas na região teriam excedido os 30ºC.

A família deveria ter chegado de uma viagem saindo de Gapuwiyak em direção à uma comunidade perto de Blue Mud Bay, em East Arnhem Land, uma distância de cerca de 107 km. Entretanto, os viajantes nunca apareceram.

Todos os membros da comunidade haviam sido avisados sobre o plano de viagem e, ao notarem que a família não havia chegado, avisaram à polícia dois dias depois, após não ter nenhuma notícia do grupo.

Equipes de emergência iniciaram uma investigação e uma busca em terra que foi rapidamente abandonada devido às más condições das estradas. Um helicóptero, chamado no último sábado (3), ajudou a localizar a família perto de uma estrada de terra cercada por mato.

O grupo havia acampado ao lado de seu veículo atolado esperando para ser resgatado.

“A família fez a coisa certa ao informar a comunidade sobre seus planos de viagem, permanecendo perto do veículo e viajando com alimentos e água adequados”, disse o Superintendente da Polícia do NT, Brendan Muldoon à publicação.

A jornada deveria ter levado a família cerca de três horas.

 

Fonte: UOL
Foto: Divulgação/NT Police