Sabia que você pode incluir gratuitamente cidades extras durante suas viagens domésticas e internacionais de avião? Essa modalidade se chama stopover e é oferecida por várias companhias aéreas. Nada mais é do que uma conexão na qual o passageiro fica dias em uma cidade intermediária antes de chegar ao seu destino final.

A solicitação pode ser feita em duas situações: em conexões que duram mais de 24 horas, como no caso de voos internacionais, ou em voos domésticos, que tem paradas de mais de 4 horas. As conexões podem durar um ou mais dias na cidade oferecida. Apesar de não  pagar uma nova passagem, é bom ficar atento aos serviços oferecidos pela companhia aérea.

Para aproveitar melhor o benefício, o ideal é solicitar o stopover antes de adquirir o seu bilhete. Se for comprar on-line, opte por múltiplos destinos. Na hora, fique atento ao valor da tarifa com a modalidade stopover, para ver se o preço é realmente igual ao do voo direto, sem paradas, para o seu destino final.

No Brasil, Latam, GOL e Azul passaram a oferecer a opção de stopover gratuito de até três dias em São Paulo. Vale para conexões nos aeroportos de Congonhas, na capital paulista, Cumbica / Gru Airport, em Guarulhos, e Viracopos, em Campinas. Tanto para voos nacionais quanto internacionais.

Exemplos de companhias aéreas que oferecem stopver sem custo adicional: Aerolineas Argentinas, com parada em Buenos Aires; Air France, em Paris; Alitalia, em Roma; American Airlines, em Miami, Nova York, Dallas ou Los Angeles; British Airways, em Londres; Copa Airlines; na Cidade do Panamá; Emirates, em Dubai; Iberia, em Madrid; Japan Airlines, em Tóquio ou Osaka; TAP, em Lisboa ou no Porto; e KLM, em Amsterdã.

 

 

Fonte: O Liberal
Foto: Rodrigo Vieira e Érica Castro